‘Deixamos o povo açoriano orgulhoso’

No final da partida dos oitavos de final da Taça de Portugal diante do Moreirense FC, Daniel Ramos era um homem especialmente feliz. Primeiro, e quase que tem sido habitual nesta temporada, ajudou o CD Santa Clara a fazer história, tornando-se no primeiro treinador do clube a atingir os quartos de final da Taça de Portugal.

Já no que diz respeito ao jogo, manteve também a felicidade. Mexeu em sete jogadores em relação ao último onze para o campeonato e o rendimento e a qualidade de jogo mantiveram-se inalteradas. No próprio jogo, leu bem o que a partida pedia, refrescando algumas peças e carimbando uma vitória suada mas justa e simultaneamente histórica.