“Fomos Santa Clara”

“Fizemos um jogo fantástico do ponto de vista da atitude, muito determinados, não demos uma bola como perdida. Fomos Santa Clara.”

 

Daniel Ramos expressou o desejo de uma resposta positiva e a equipa respondeu.

 

O técnico do Santa Clara, Daniel Ramos, mostrou-se satisfeito com o empate frente ao SC Braga, no último domingo. O desejo na antevisão foi de uma resposta à altura dos Bravos Açorianos, e foi correspondida em campo, culminada com um grande golo de Lincoln nos últimos instantes da partida.

 

“Foi bonito de ver esse espírito [de lutar até final]. Foi pena não haver mais minutos. O Braga iria certamente tentar ganhar, nós estávamos com caudal ofensivo e não íamos abrandar. Estávamos por cima, muito bem. Iria ser interessante. Foi um grande jogo de futebol, entre duas grandes equipas, o lado tático a acontecer, com equipas a tentar trabalhar bem o que treinador. Fizemos um jogo fantástico do ponto de vista da atitude, muito determinados, não demos uma bola como perdida. Fomos Santa Clara. Se formos assim, dificilmente saímos de campo derrotados.”

 

Considerando esta uma exibição superior às últimas, Daniel Ramos explica o porquê dessa consideração: “Nós melhoramos claramente do ponto vista defensivo relativamente aos últimos jogos e também ofensivamente. Olhando para o jogo, aquilo que foi uma primeira uma parte onde entramos melhor no jogo, conseguimos estar por cima nos primeiros 15 minutos e depois um jogo equilibrado.”

 

Com o passar do tempo, e com o Sporting de Braga em vantagem, o Santa Clara superiorizou-se cada vez mais face ao adversário: “Nos últimos 15 minutos há uma diferença grande do ponto vista de que foi um melhor Santa Clara do que o Braga. Fomos melhores. Criámos um caudal ascendente. Causámos muitas dificuldades à equipa do Braga.”

 

O técnico deixou ainda uma mensagem aos incansáveis adeptos no Estádio de São Miguel: “Muito obrigado a 99.9% das pessoas que estiveram aqui. São do Santa Clara e apoiaram-nos. Uma ou outra tem memória curta e não percebe as dificuldades e aquilo que já fizemos pelo clube. A esses 99.9 % esta vitória é dedicada a eles.”