Liga NOS

33ª Jornada

0-2

  10' Carlos Júnior 61' Carlos Júnior

Rescaldo

Belenenses SAD

Onze Inicial

23 Kritciuk
13 Tiago Esgaio 8' 59'
37 Gonçalo Silva
4 Tomás Ribeiro 74'
5 Ruben Lima
11 Miguel Cardoso
21 Cafu
15 Yaya 59'
19 Francisco Teixeira 59'
8 Cassierra
28 Sousa 84'

Suplentes

1 André Moreira
2 Diogo Calila 59'
6 Bruno Ramires 59'
14 Danny
20 Taira 59'
25 Nilton 74'
27 Chima Akas
31 César
39 Edgar 84'

Treinador

Armando Teixeira "Petit"

CD Santa Clara

Onze Inicial

99 Marco Pereira
2 Rafael Ramos 86'
5 João Afonso
4 Fábio Cardoso
3 Mikel Villanueva
27 Anderson Carvalho 47'
25 Hidemasa Morita
10 Lincoln 86'
7 Allano 74'
13 Carlos Júnior 10' 61' 86'
23 Cryzan 65'

Suplentes

1 André Ferreira
95 Pierre Sagna 86'
31 Cristian Tassano
18 Rúben Oliveira
21 Nené 86'
20 Costinha 86'
26 Jean Patric
17 Ukra 74'
77 Rui Costa 65'

Treinador

Daniel Ramos

Árbitro

Hélder Malheiro

Assistente

Rui Cidade

Assistente

Gonçalo Freire

VAR

Luís Ferreira

Bravos históricos

 

Pragmatismo, inteligência… e nova vitória. O CD Santa Clara replicou os comportamentos adotados diante do Rio Ave FC e somou mais três pontos numa caminhada que já é histórica. O recorde de pontos foi igualado e o oitavo lugar (mínimo) garante a melhor classificação no primeiro escalão do futebol português.

 

Depois de uma série dificil sem vencer fora de casa, a equipa regressou às vitórias diante de um Belenenses SAD que tem sido osso duro de roer nesta segunda volta do campeonato. Cientes da dificuldade da contenda, os bravos açorianos entraram em campo com a impetuosidade suficiente para marcar cedo. E assim foi. Carlos Jr (Quem mais?) abriu o ativo, convertendo de forma irrepreensível uma grande penalidade, trazendo a tranquilidade necessária para que a equipa pudesse gerir os ritmos de jogo. Procurando conservar a preciosa vantagem, a equipa baixou as linhas, entregando a iniciativa ao adversário. Marco Pereira, de regresso à titularidade após um jogo de suspensão, foi chamado a intervir, somando um par de defesas impossíveis, colocando travão na avalanche ofensiva que os azuis procuravam imprimir. Era o pragmatismo da equipa a transparecer, novamente. Letais no ataque e organizados defensivamente.

Replicando a entrada assertiva no jogo, a equipa entrou com a força toda no segundo tempo. Carlos Jr, Allano e Cryzan, alicerçados pelo criativo Lincoln, deambulavam pela frente, aproveitando alguma letargia instalada na defensiva contrária e provocando o erro. Quem provocou um erro que viria a ser determinante para o desfecho final foi Cryzan, avançado brasileiro também ele de regresso ao onze. O canarinho recuperou uma bola na ala direita, embalou, servindo Carlos Jr para o golo da tranquilade, o seu 13º na conta pessoal. A reação adversária surgiria mas a equipa manteria a tranquilidade e a segurança na defesa até final, sem grandes sobressaltos, garantindo três pontos históricos.

 

A equipa soma assim 43 pontos na tabela classificativa, igualando a melhor pontuação de sempre na prova e já garantiu- no mínimo, o oitavo lugar no principal escalão do futebol português. A última jornada está marcada para a próxima quarta-feira diante do SC Farense, mais um jogo decisivo para o futuro da equipa. Estes bravos açorianos já marcaram lugar na história do clube mas há motivação para mais e melhor. Vamos juntos, vamos com todos até ao fim!

DESTAQUES

 

 

Carlos Jr-  O brasileiro continua a pulverizar recordes. Bisou na partida, apontou o seu 13º golo na edição da Liga NOS e é líder destacado na tabela dos melhores marcadores de sempre do clube na primeira liga.

 

 

Marco Pereira- O experiente guardião respondeu com tranquilidade quando a equipa mais precisou. Fez um punhado de defesas… que valem pontos.

 

 

Rafa Ramos- Irrequieto e assertivo. Rafa trouxe profundidade ao jogo ofensivo da equipa, procurando sempre servir os homens da frente. Na defensiva mostrou-se, à sua imagem, abnegado e combativo.

90+5'Termina a partida
90'Tempo adicional de 4 minutos
86'Entram Nené, Costinha e Sagna, saem Rafael Ramos, Lincoln e Carlos Júnior
84'Entra Edgar, sai Afonso Sousa
79'Rui Costa quase desmarcava Carlos Júnior, saiu Kritciuk
78'Cruzamento perigoso de Rui Costa, a passar por Fábio Cardoso e Carlos Júnior
74'Entra Nilton, sai Tomás Ribeiro
74'Entra Ukra, sai Allano
72'Remate de Allano, para defesa de Kritciuk
69'Golo de Gonçalo Silva, anulado por fora de jogo
67'Livre de Afonso Sousa, desviado por Carlos Júnior
65'Entra Rui Costa, sai Cryzan
61'Golo de Carlos Júnior
59'Entram Bruno Ramires, Diogo Calila e Taira, saem Tiago Esgaio, Yaya e Francisco Teixeira
49'Quase Carlos Júnior aproveitava um erro defensivo do adversário
47'Cartão amarelo para Anderson Carvalho
46'Lance de perigo do Santa Clara na área do Belenenses SAD
46'Recomeça a partida no Jamor
45+2'Tempo de descanso no Estádio Nacional do Jamor
45'Tempo adicional de 1 minuto
40'Defesa de Marco a remate de Francisco Teixeira
27'Remate de Sousa, para mais uma enorme defesa de Marco Pereira
27'Enorme defesa de Marco Pereira a cabeceamento de Cassierra
25'Carlos Júnior escorrega na área do Belenenses, e a perder uma oportunidade de golo
20'Corte importante de Fábio Cardoso, a evitar a finalização de Miguel Cardoso
18'Remate de Francisco Teixeira, desviado por Rafael Ramos para canto
15'Remate de Francisco Teixeira bloqueado por João Afonso
12'Golo de Cryzan, anulado por fora de jogo
10'Golo de Carlos Júnior
8'Cartão amarelo para Tiago Esgaio
8'Penalty assinalado para o Santa Clara
7'Remate de Cryzan com a bola a bater em Carlos Júnior. Fica o registo de perigo.
4'Oprtunidade de golo para Cryzan, anulada por fora de jogo
1'Começa a partida no Estádio Nacional do Jamor
Início de Jogo marcado para as 16h00. Transmissão Sport TV.