Allianz Cup

Jornada 2 - 3ª Fase

3-1

16' Chindris 90+6' Nené 65' Ricardinho  83' Mehdi Taremi

Rescaldo

CD Santa Clara

Onze Inicial

1 Ricardo Fernandes
16 Paulo Henrique
15 Chindris 16'
5 João Afonso (c)
95 Sagna 12' 78'
25 Morita 78'
21 Nené 90+6'
30 Mohebi
98 Ricardinho 71' 65'
77 Rui Costa 66'
28 Luiz Phellype 66'

Suplentes

97 Rodolfo
99 Marco
6 Mansur 78'
7 Allano 66'
8 Anderson 78'
10 Lincoln 66'
26 Jean Patric 71'
76 Keyta

Treinador

Nuno Campos

FC Porto

Onze Inicial

1 Marchesín
18 Manafá
5 Marcano (c)
19 Mbemba
31 Nanu
16 Grujic
28 Bruno Costa 45'
50 Fábio Vieira
11 Pepê 45'
17 Tecatito 45'
29 Toni Martínez 65'

Suplentes

14 Cláudio Ramos
2 Fábio Cardoso
7 Luis Díaz 45'
9 Mehdi Taremi 65' 83'
10 Francisco Conceição
23 João Mário
25 Otávio 45'
27 Sérgio Oliveira 45'
30 Evanilson

Treinador

Sérgio Conceição

Árbitro Principal

Manuel Oliveira

Árbitro Assistente

João Bessa Silva

Árbitro Assistente

Nelson Cunha

4º Árbitro

João Gonçalves

Fim de tarde triunfante com estreias de sonho!

 

Andrei Chindris deixou a sua marca na estreia oficial pelo Santa Clara, inaugurando o marcador frente ao FC Porto. Ricardinho também se estreou a marcar pelos açorianos, numa partida para mais tarde recordar, e Nené assinou o seu primeiro golo da temporada. Um tremendo espírito de grupo, unido como sempre, que culminou numa grande vitória.

 

Grande tarde de futebol no Estádio de São Miguel, com o Santa Clara a bater o FC Porto em encontro respeitante à 2ª jornada da 3ª fase da Allianz Cup.

 

Numa partida com ascendente do FC Porto nos primeiros minutos, sem que o Santa Clara conseguisse dispor da iniciativa de jogo e assumir as despesas, situação que Nuno Campos alertou como possibilidade na antevisão da partida, rapidamente o Santa Clara começou a crescer no jogo, avançando metros e criando dificuldades à formação orientada por Sérgio Conceição.

 

A vantagem chegaria pelo estreante absoluto: na sequência de um pontapé de canto, Andrei Chindris protagonizou um grande remate à meia-volta, não dando hipótese a Marchesín e inaugurando o marcador no Estádio de São Miguel. Golo, esse, que foi celebrado apoteoticamente por todo o grupo de trabalho em simbiose com os Bravos Açorianos presentes nas bancadas. Uma estreia de sonho para o romeno.

 

Mesmo depois do golo a formação do Santa Clara acabou por não arredar pé. Até ao final da 1ª parte o FC Porto voltou a crescer na partida, dispondo de algumas oportunidades na partida. Além de uma impressionante assertividade defensiva, a formação de Sérgio Conceição acabou por ser perdulária em alguns momentos, até Manuel Oliveira apitar para o intervalo.

 

A segunda parte acabou por trazer a mesma fórmula: os azuis e brancos a querer responder à desvantagem, mas com um Santa Clara coesa, solidário e com forte predisposição ao jogo a não permitir o empate. Foi com esse espírito de grupo que fizeram os Bravos Açorianos chegar ao 2-0, um belo remate de Ricardinho que encontrou o fundo das redes da baliza defendida pelo argentino Marchesín. Estava dilatada a vantagem no Estádio de São Miguel!

 

O FC Porto encurtou a desvantagem por intermédio de Taremi, e naturalmente pressionou para chegar ao empate, mas um lance de transição acabou por culminar em novo momento apoteótico nos Açores: a passe de Anderson Carvalho, perto da linha de fundo, Nené estreava-se a marcar pelo Santa Clara na presente temporada. Um golo que estabeleceu o resultado final e colocou os Bravos Açorianos na liderança do grupo D da Allianz Cup, aguardando assim o desfecho da partida entre Rio Ave e FC Porto.

 

Depois desta sensacional vitória, o Santa Clara volta a entrar em campo no próximo domingo, no Estádio do Jamor, frente à Belenenses SAD.

DESTAQUES

 

Chindris: estreia de sonho. Primeiro jogo, primeiro golo e intransponível no eixo defensivo do Santa Clara. Uma partida de que nunca se esquecerá.

 

Ricardinho: o virtuoso português carimbou outra boa exibição e colmatou-a com o primeiro golo ao serviço dos Bravos Açorianos.

 

Paulo Henrique: Exibição de grande calibre do lateral formado no Santa Clara. Correu até não poder mais e nunca deu um lance por perdido.

90+8'Termina a partida no Estádio de São Miguel
90+6'3-1 Goooooolo! Nené
90'Tempo adicional de 7 minutos
83'2-1. Taremi reduz o resultado
75'Remate em jeito de Luíz Diaz a sair ao lado
74'Grande oportunidade a escapar dos pés de Allano, mais um lance de perigo do Santa Clara
66'RI-CAR-DI-NHO! O Santa Clara duplica a vantagem no marcador. 2-0!
55'Toni Martínez, muito perto da baliza de Ricardo Fernandes, atira por cima.
46'Início da 2ª parte.
45+2'Manuel Oliveira apita para intervalo na partida!
45+1'Belo cruzamento de Paulo Henrique, mas Marchesín sai bem à bola.
38'Que segurança, Ricardo! O guardião do Santa Clara encaixa uma tentativa de Pepê.
37'Ricardo defende para a frente um livre de Fábio Vieira, e Paulo Henrique completa e cede canto.
29'Rui Costa remata e ganhar canto para o Santa Clara! Vai cobrar Sagna.
16'CHINDRIS MARCA PARA O SANTA CLARA! Na sua estreia pelo clube inaugura o marcador frente ao FC Porto.
14'Canto para o Santa Clara depois de alívio a cruzamento de Paulo Henrique. Vamos, Bravos!
12'Manuel Oliveira mostra o amarelo a Sagna.
12'Mohebi ganha canto! O primeiro no jogo para o Santa Clara.
10'Chindris alivia no ar depois de cruzamento de Tecatito.
8'Boa ação defensiva de Chindris, na sua estreia, a tapar o caminho da baliza.
5'Bruno Costa remata ao lado da baliza de Ricardo.
2'Ricardo Fernandes encaixa, sem problema, depois de remate de Fábio Vieira.
1'Início da partida!
Bem-vindos ao Estádio de São Miguel!