Liga NOS

7ª Jornada

2-0

35' Salvador 68' Mario González  

Rescaldo

CD Tondela

Onze Inicial

99 Niasse
28 Medioub 46'
23 Yohan Tavares
21 Enzo Martinez
10 Jhon Murillo 29'
8 João Pedro
6 Pedro Augusto 20'
20 Filipe Ferreira
7 Salvador 35' 76'
17 Mario González 68' 76'
70 Rafael Barbosa

Suplentes

1 Joel Sousa
2 Bebeto
4 Jota
5 Jaquité
11 Štrkalj 76'
14 Jaume
19 Tiago 76'
24 Mohamed Khacef 46'
45 Souley

Treinador

Francisco Barandiaran

CD Santa Clara

Onze Inicial

99 Marco Pereira
2 Rafael Ramos 41' 85'
4 Fábio Cardoso
5 João Afonso
6 Mansur 75'
8 Osama Rashid 85'
21 Nené 16'
10 Lincoln
17 Ukra 62'
14 Thiago Santana
26 Jean Patric 85'

Suplentes

1 André Ferreira
15 João Lucas
19 Júlio Romão 85'
20 Costinha 75'
27 Anderson Carvalho 85'
31 Cristian Tassano
35 Diogo Salomão 62'
82 André Mesquita
95 Pierre Sagna 85'

Treinador

Daniel Ramos

Árbitro Principal

João Bento

Árbitro Assistente

Marco Vieira

Árbitro Assistente

Hugo Coimbra

VAR

Luís Ferreira

Faltou a eficácia

 

Os primeiros 30 minutos teriam sido suficientes para a equipa sair do jogo com um resultado completamente diferente. Foram mais que muitas as oportunidades criadas mas a sorte não quis nada com os bravos açorianos que saem deste jogo com um sabor amargo e, claramente, injusto.

Primeiros minutos e a equipa mostrou logo ao que vinha. Pressão alta, circulação de bola e facilidade em alcançar zonas altas do terreno com perigo. O Tondela, por seu turno, procurava baixar linhas, não assumindo as despesas de jogo e tentando sair em transições rápidas. O CD Santa Clara tentava ora por Santana, Fábio Cardoso, Nené, Lincoln mas a bola teimava em não entrar na baliza à guarda de Niasse. Completamente contra a corrente do jogo e aproveitando o posicionamento mais subido da linha defensiva, o Tondela inaugura o marcador por intermédio de Agra. Ao intervalo o resultado era injusto.

 

No segundo tempo, novamente mais CD Santa Clara e o mesmo filme a repetir-se. A equipa assumia as despesas do jogo, tentava chegar com perigo junto da baliza adversária e, conseguia, mas a bola teimava em não entrar. O Tondela, tal como na primeira parte, volta a sair rápido numa transição e dilata, injustamente, a vantagem no marcador. A equipa não baixou os braços e tentou reduzir a desvantagem mas não era mesmo a tarde dos açorianos. Fica uma derrota injusta marcada pela falta de eficácia da equipa mas fica também a satisfação em ver que a equipa continua a produzir futebol de qualidade que, mais cedo ou mais tarde, trará bons frutos.

DESTAQUES

 

 

Lincoln- Em dia de aniversário foi das melhores unidades da equipa. Jogou e fez jogar. Esteve próximo do golo.

 

 

Nené-  O médio foi importante na pressão alta que a equipa tentou introduzir (com sucesso) no jogo. Esteve próximo do golo por diversas vezes.

 

 

Fábio Cardoso- Foi, novamente, voz de comando na defesa. Nos duelos individuais disse presente.

90'+4' Termina a partida
90'+3' Entram Jaume e Jota, saem Pedro Augusto e Rafael Barbosa
90' Tempo adicional de 3 minutos
85' Entram Sagna, Júlio Romão e Anderson Carvalho, saem Rafael Ramos, Osama Rashid e Jean Patric
76' Entram Štrkalj e Tiago, saem Salvador e Mario González
75' Entra Costinha e sai Mansur
68' Golo de Mario González
62' Entra Diogo Salomão e sai Ukra
59' Cabeceamento de João Afonso para fora
46' Entra Khacef e sai Medioub
46' Recomeça a partida
45' Tempo de descanso
41' Cartão amarelo para Rafael Ramos
35' Golo de Salvador Agra
30' Remate ao lado de Nené
29' Cartão amarelo para John Murillo
27' Remate de Salvador Agra para Marco Pereira
23' Remate de Nené para a defesa de Niasse
21' Cabeceamento muito perigoso de Thiago Santana
20' Cartão amarelo para Pedro Augusto
17' Cartão amarelo para Nené
15' Remate perigoso de Nené
1' Começa a partida no Estádio João Cardoso
Início da partida marcado para as 14h00