Liga BWIN

14ª Jornada

4-1

61' Matheus 69' Rafik Guitane 38' Henrique 18' Joel Tagueu  1' Cryzan

Rescaldo

CS Marítimo

Onze Inicial

48 Paulo Victor
2 Cláudio Winck
4 Matheus 61'
66 Leo Andrade
94 Vitor Costa
16 Diogo Mendes 63'
12 Edgar Costa 83'
10 Beltrame
8 Rafik Guitane 69' 83'
93 Henrique 38' 50'
95 Joel Tagueu 18'

Suplentes

96 Teixeira
7 Vidigal 50'
9 Alipour
15 Rossi 63'
21 Jorge Saenz
23 Rúben Macedo
24 Clésio 83'
45 China
60 Pelágio 83'

Treinador

Vasco Seabra

CD Santa Clara

Onze Inicial

99 Marco Pereira
2 Rafael Ramos 89'
3 Mikel Villanueva
4 Boateng
6 Mansur
25 Hidemasa Morita
21 Nené 89'
10 Lincoln
23 Cryzan 1' 81'
98 Ricardinho
77 Rui Costa 64'

Suplentes

1 Ricardo Fernandes
5 João Afonso
8 Anderson Carvalho 89'
9 Bouldini 81'
16 Paulo Henrique
19 Júlio Romão
26 Jean Patric
76 Keyta 64'
95 Pierre Sagna 89'

Treinador

Tiago Sousa

Árbitro

Fábio Veríssimo

Assistente

Pedro Mota

Assistente

Pedro Martins

VAR

Gustavo Correia

Golo madrugador não foi suficiente para pontuar no Funchal.

 

Depois do remate certeiro do Santa Clara nos primeiros instantes da partida, a vantagem não se materializou num resultado favorável no Estádio do Marítimo.

 

A tarde prometia: condições climatéricas favoráveis, uma semana de trabalho positiva e um golo no primeiro minuto – e remate – do encontro. Servido por Rui Costa, Cryzan rematou – com desvio de Léo Andrade – para o fundo das redes. O Santa Clara continuou por cima no jogo, e mostrou-se predisposto a selar o marcador no primeiro quarto de hora, mas o Marítimo foi gradualmente crescendo no jogo.

 

O golo do empate dos madeirenses surge na sequência de uma grande penalidade assinalada por Fábio Veríssimo, por infração de Rafael Ramos sob um adversário. Os verde-rubros chegariam à vantagem ainda no 1º tempo, com cruzamento na direita de Stefano Beltrame a encontrar a finalização de Henrique. Depois de um começo promissor, e em que se pensaria que o golo madrugador teria uma influência positiva no restante encontro, o Santa Clara voltou para a 2ª parte com a obrigação de responder à desvantagem.

 

Na sequência de um livre lateral Matheus Costa cabeceou ao poste mais distante para ampliar a vantagem maritimista que seria, posteriormente, dilatada com nova grande penalidade – desta vez assinalada por falta de Mansur. O Santa Clara fez o que lhe competia, tentando responder para, em diferentes fases do encontro, empatar ou reduzir a desvantagem e permitir uma brecha para lutar pelo resultado.

 

Os Bravos Açorianos ainda dispuseram de boas oportunidades para chegar ao golo, mas sem encontrar o fundo das redes da baliza a cargo de Paulo Victor. Assim, depois de um positivo empate na Amoreira, frente ao Estoril, e de uma vitória em casa frente ao Arouca, o Santa Clara acaba por não pontuar no dérbi insular, apesar de deixar ilações positivas em momentos da partida.

 

O Santa Clara volta a entrar em campo na sexta-feira, às 18h00, altura em que enfrenta o Vitória SC no Estádio de São Miguel.

DESTAQUES

 

Cryzan: Chegou do seu pé direito o golo do Santa Clara na partida, embora que a Liga tenha atribuído o tento a Léo Andrade (autogolo).

 

Rui Costa: Serviu Cryzan para o golo e, embora não tenha disposto de grandes oportunidades para si próprio, correu muito em prol da equipa.

 

Boateng: Apesar do resultado, o central esteve sólido nos lances que necessitaram da sua intervenção direta.

90+4'Termina a partida
90'Tempo adicional de 3 minutos
69'4-1 Penalti convertido por Rafik
61'3-1 Golo de Matheus
46'Recomeça a partida
45+2'Tempo de descanso nos Barreiros
45'Tempo adicional de 2 minutos
38'2-1 Golo de Henrique
33'Lance individual de Rafik termina com remate perigoso à baliza de Marco
28'Lance de contra ataque rápido do Santa Clara a terminar com remate de Mansur ao lado.
18'1-1 Joel empata a partida através da conversão de uma grande penalidade.
1'0-1 Gooooooolo. Entrada forte do Santa Clara no jogo.
Começa a partida na Madeira