Allianz Cup

Jornada 1 - 3ª Fase

2-2

60' Zé Manuel 17' Aziz  34' Jean Patric 15' Luiz Phellype

Rescaldo

Rio Ave FC

Onze Inicial

22 Leo Vieira
13 Alhassane 62'
3 Ângelo
5 Hugo Gomes 74'
24 Pedro Amaral
25 Zé Manuel 60'
6 Guga
8 Vitor Gomes
77 Fábio Ronaldo 75'
17 Ukra 75'
81 Aziz 17' 14'

Suplentes

1 Magrão
14 Joca 75'
19 Pedro Mendes
20 Costinha 62'
21 João Graça
27 Rúben Gonçalves
42 Renato Pantalon
70 Gabrielzinho 75'
75 Nuno Namora

Treinador

Luís Freire

CD Santa Clara

Onze Inicial

1 Ricardo Fernandes
2 Rafael Ramos 50' 68'
5 João Afonso
17 Tassano
6 Mansur
26 Jean Patric 34' 64'
19 Júlio Romão 85'
25 Hidemasa Morita
98 Ricardinho 75'
29 Luiz Phellype 15' 64'
77 Rui Costa 64'

Suplentes

99 Marco Pereira
4 Boateng
7 Allano 64'
9 Bouldini 64' 80'
10 Lincoln 64'
16 Paulo Henrique
21 Nené 85' 88'
30 Mohebi
95 Pierre Sagna 75'

Treinador

Daniel Ramos

Árbitro Principal

Fábio Melo

Árbitro Assistente

Sérgio Jesus

Árbitro Assistente

Carlos Campos

Espírito de sacrifício. Isto é ser Bravo.

 

Muitas contrariedades numa partida (2-2) com momentos distintos em Vila do Conde, em que o Santa Clara arrecada um ponto na 3ª fase da Allianz Cup.

 

Começar melhor em Vila do Conde era difícil. O Santa Clara adiantou-se no marcador à passagem dos 15 minutos da partida. Depois de livre cobrado por Rui Costa, o árbitro Fábio Melo assinalou uma mão de Aziz na área dos vila-condenses. Em cobrança exemplar, Luiz Phellype estreou-se a marcar pelo CD Santa Clara. A resposta da formação de Luís Freire surgiria, contudo, apenas 2 minutos depois. Aziz restabeleceu a igualdade, com os Bravos a assumirem grande parte das rédeas do encontro a partir dessa do encontro.

 

Não sem momentos em que passou por algumas dificuldades, mas o Santa Clara beneficiou da vantagem que alcançou ao minuto 34: na sequência de uma falta de entendimento entre o guarda-redes Jhonathan e o central, Ângelo Gomes, Jean Patric foi ‘raposa’ na área e acabou por encostar para o 2-1 que, aquando do apito de Fábio Melo para o intervalo, dava vantagem aos Bravos Açorianos em Vila do Conde.

 

Numa partida em que era imperativo pontuar, uma vez que a 3ª fase da Allianz Cup acarreta apenas duas jornadas, acabou por ser um resultado extremamente satisfatório. Garante não só a liderança do grupo, com 3 pontos, como também uma vitória que quebra o momento menos positivo, apesar de boas ilações a tirar nos encontros recentes.

 

A segunda parte trouxe contrariedades de peso, mas também ilações a tirar da forma mais positiva. A expulsão de Rafa Ramos por acumulação de amarelos e a grande penalidade defensiva por Leo Vieira, a conversão de Lincoln, acabaram por contribuir diretamente para o desfecho final da partida. Nesta altura, Zé Manuel já tinha empatado para a equipa da casa.

 

O último quarto de hora, sobretudo, evidenciou uma das grandes virtudes deste Santa Clara, destes Bravos: o espírito de união, sobretudo nas horas difíceis, e a resposta positiva aos momentos adversos. Com o Rio Ave a pressionar no último terço, a formação de Daniel Ramos recuou, jogou coesa numa menor área do relvado e mostrou-se intransponível às investidas do adversário que, embora tenha ameaçado, não conseguiu virar o marcador – e muito por mérito do esforço coletivo açoriano.

 

Com o foco virado para a próxima batalha, os Bravos Açorianos defrontam o SC Braga no domingo, às 17h, no Estádio de São Miguel.

 

DESTAQUES

 

Tassano: Por várias ocasiões acabou por surgir das suas ações o insucesso do Rio Ave no capítulo da finalização.

 

Luiz Phellype: Primeiro de muitos. O avançado brasileiro estreou-se a marcar com a camisola do Santa Clara, um tento importantíssimo para a sua confiança e para a equipa.

 

Jean Patric: Foi ‘raposa’ na área do Rio Ave e conseguiu, na altura, fazer o 2-1 favorável ao Santa Clara. Esteve, noutra ocasião, muito perder de bisar no encontro.

90+6'Termina a partida em Vila do Conde
90'Tempo adicional de 5 minutos
88'Cartão amarelo para Nené, depois de falta sobre Gabrielzinho
85'Entra Nené para o lugar de Júlio Romão
84'Pedro Amaral a bater o livre por cima da baliza de Ricardo Fernandes
80'Cartão amarelo para Bouldini por falta sobre Hugo Gomes
75'Saem Ukra e Fábio Ronaldo, entram Joca e Gabrielzinho
75'Entra Sagna, sai Ricardinho
74'Cartão amarelo para Hugo Gomes, por falta sobre Bouldini
72'Leo Vieira defende penalty batido por Lincoln
70'Entra Pedro Mendes, sai Zé Manuel
68'Hugo Gomes cabeceia por cima do alvo.
68'Segundo amarelo e expulsão para Rafael Ramos.
65'Saem Jean Patric, Luiz Phellype e Rui Costa. Entram Lincoln, Allano e Bouldini.
63'Remate de Júlio Romão, mas por cima da baliza defendida por Leo.
62'Jean Patric muito perto do golo! Canto para o Santa Clara.
60'2-2, empata o Rio Ave. Marca Zé Manuel.
59'Perto! Ricardinho lançou Luiz Phellype na profundidade, mas Leo estava atento.
58'Bem, Tassano, ao condicionar a finalização de Zé Manuel. Canto para o Rio Ave.
53'Que tiro de Ricardinho! Por pouco não acontece o 3-1 no Estádio dos Arcos.
51'Grande oportunidade para o Rio Ave, que por pouco não empata a partida.
50'Cartão amarelo para Rafael Ramos que resulta em livre para o Rio Ave, do lado esquerdo da forma como atacam.
46'Fábio Melo apita para o início da 2ª parte. A eles, Bravos!
45+1'Fábio Melo apita para o intervalo. O Santa Clara lidera por 2-1!
45'Mansur, imponente, afasta de cabeça uma bola colocada na área por Ukra.
42'João Afonso cabeceia por cima na sequência de um canto! O Santa Clara perto de dilatar a vantagem.
42'Rui Costa, até ao fim! O avançado insistiu na investida individual e apenas um corte no último momento evitou o golo.
34'GOLO DO SANTA CLARA! Jean Patric adianta os Bravos no marcador!
32'MORITA! Que tiro do japonês, em cheio na trave! Seria um golo incrível.
30'Um quarto-de-hora positivo para fechar a 1ª parte. Vamos, Bravos!
28'Remate de Hugo Gomes, central do Rio Ave, que passa muito por cima.
25'Luiz Phellype estava queixoso da face no relvado, mas recuperou rapidamente.
24'Remate de Pedro Amarelo por cima da baliza de Ricardo Fernandes, que tinha o lance controlado.
23'Grande esforço de Jean Patric a negar a investida de Ukra!
17'1-1, marca o Rio Ave. Aziz restabelece a igualdade no jogo.
15'GOLO DO SANTA CLARA! Luiz Phellype estreia-se a marcar pelos Bravos Açorianos!
14'Grande penalidade a favor do Santa Clara! Mão na bola assinalada a um homem do Rio Ave. Vamos, Bravos!
11'Cabeceamento de Aziz a sair por cima da trave.
1'Apito inicial no Estádio dos Arcos.