• À luz dos números

À luz dos números
À luz dos números
23 Maio 2018

À luz dos números

Análise das estatísticas referentes à temporada de 2017/2018

A temporada de 2017/2018 configurou-se como uma época histórica para o CD Santa Clara e para os Açores. O Santa Clara, afastado do principal escalão do futebol português há 15 anos, voltou a estar entre os maiores clubes do futebol português depois de uma temporada que permanecerá eternizada na memória de todos os açorianos.

O Santa Clara conquistou 19 vitórias em 38 partidas, o que nos diz que a equipa liderada por Carlos Pinto conseguiu vencer metade dos jogos disputados. Aliás, este Santa Clara em conjunto com Nacional e Académica foi a equipa que mais vezes venceu no campeonato e a terceira equipa que menos vezes perdeu.  Em casa, foi a equipa com segundo melhor registo de pontos, não tendo qualquer derrota no ano de 2018,  fora de portas foi onde a equipa perdeu mais pontos, somando oito vitórias e averbando igual número de derrotas.

No que diz respeito aos golos marcados, o Santa Clara foi o terceiro melhor ataque da prova com 55 golos marcados e a segunda melhor defesa somando 40 golos sofridos, o que dá uma média 1,4 golos marcados por jogo e 1,1 golos sofridos por jogo.  Em casa a equipa marcou 29 golos e sofreu apenas 12. Fora de casa a equipa marcou 26 golos e sofreu 28.  Destes 55 golos marcados no campeonato,  33 tiveram autoria de três dos homens da frente: Santana, Fernando e Clemente. Outro dos homens que mais contribui para esta marca foi o médio Osama Rashid, com oito golos  marcados na competição.

Quanto à história, o Santa Clara não alcançava tantos pontos e tantos golos marcados desde 2001, altura em que a equipa conquistou a Segunda Liga e ganhou o acesso à Primeira Liga. Fica assim a análise a uma temporada histórica!

 

Voltar a notícias