• Osama Rashid- “Mostramos a Portugal que temos uma boa equipa”

Osama Rashid- “Mostramos a Portugal que temos uma boa equipa”
Osama Rashid- “Mostramos a Portugal que temos uma boa equipa”
06 Setembro 2018

Osama Rashid- “Mostramos a Portugal que temos uma boa equipa”

Osama Rashid, médio iraquiano, tem sido um dos destaques do campeonato e aproveitou para fazer um balanço destes primeiros cinco jogos.

Osama Rashid, médio iraquiano de 26 anos tem sido um dos maiores destaques neste início da Liga NOS. O médio que no último jogo fez dois golos (um deles fenomenal) foi eleito o melhor jogador da jornada anterior. Osama mostra-se feliz por estar no CD Santa Clara e, orgulhoso, afirma: “Mostramos a Portugal que temos uma boa equipa e que procuramos sempre jogar bom futebol, um futebol positivo”. Este bom início, apesar de prometedor, não ilude o médio iraquiano que nos diz que a equipa tem de continuar a trabalhar, evoluíndo ainda mais.

Voltando à jornada anterior. O médio assinou os primeiros dois golos no principal escalão do futebol português, um deles de livre, um golo de antologia que foi declarado como o melhor golo da jornada. Questionado sobre a receita para tanta qualidade na cobrança de bolas paradas o médio iraquiano revela-nos que desde os tempos da formação demonstrava apetência para este tipo de lances e  garantiu: “todos treinamos este tipo de lances”.

A estreia no principal escalão do futebol português tem sido positiva e para já, Rashid, distingue algumas diferenças entre a Segunda e a Primeira Liga: “A diferença é que a Primeira Liga é mais organizada do que a Segunda Liga. A Segunda Liga é mais de combate físicos. Aqui, se cometes um erro, sofres logo golo porque as outras equipas têm muita qualidade individual”.  A velocidade de execução que a Primeira Liga exige e o pouco espaço para a execução são também as principais mudanças que Osama encontra as duas divisões.

O médio diz-nos que para o futuro o objetivo passa por ganhar experiência na Primeira Liga, ajudando cada vez mais a equipa. Para já, o “6” do meio campo do Santa Clara pretende restabelecer energias junto da família e voltar a apontar baterias para o campeonato, onde a equipa vem fazendo um bom trabalho.

Voltar a notícias