“O Santa Clara tem uma alma própria”

“O Santa Clara tem uma alma própria. Este clube tem um espírito de cooperação própria.”

 

Daniel Ramos anteviu a partida frente ao SC Braga.

 

Daniel Ramos falou à comunicação social neste sábado, antevendo a partida de amanhã frente ao SC Braga. O técnico do Santa Clara vincou que, para o sucesso nesta e outras partidas, o emblema açoriano tem de exibir em campo duas das suas grandes armas: a alma muito particular e um espírito de cooperação próprio.

 

Na véspera de receber os bracarenses, Daniel Ramos afirma que esta é a partida ideal para arrecadar a tão desejada vitória para o lado dos Bravos, mas apenas porque é “o próximo jogo”: “Fugiram-nos alguns pontos, o que nos traz algum sabor amargo na tabela classificativa, na posição da tabela. Temos de rapidamente subir na tabela, porque é esse o nosso desejo. E isso passa por conseguir vitórias. Para isso, ninguém se pode cortar no processo defensivo. Temos de começar a defender bem e a defender bem a partir da frente. Depois, com bola, onde temos também de melhorar, não nos podemos esconder novamente.”

 

“O Sp. Braga é uma boa equipa que vai tentar dominar certamente o jogo. É uma equipa que gosta de ter posse de bola, que tem circulação, tem largura, tem bastante ataque à profundidade e tem uma verticalidade no jogo também alta”, atirou Daniel Ramos, mostrando o seu conhecimento sobre a equipa orientada por Carlos Carvalhal.

 

Em relação ao que a equipa tem de fazer para ser feliz no Estádio de São Miguel, o técnico dos açorianos deixa também um apelo à massa associativa, enfatizando a necessidade de sinergia entre o grupo de trabalho e os Bravos Açorianos nas bancadas: “Que a nossa massa associativa nos compreenda, nos apoie, que perceba que estamos a fazer grandes esforços. Percebemos isto e estamos unidos. O grupo está muito unido e quer das respostas boas. Vão certamente ver um grupo de trabalho a treinar e a jogar, e a tentar dar o máximo. Isso vão ver, porque isto é Santa Clara. É a importância de não duvidarmos de um processo, de toda a gente estar alinhada e ainda mais próximo, para mim, é muito da chave do sucesso do que foi e tem de ser o Santa Clara no futuro.”

 

O Santa Clara recebe o SC Braga às 17h de domingo, no Estádio de São Miguel.