‘Queríamos vencer mas temos de aceitar o resultado’

Conformado com o empate a três, obtido diante do Boavista FC, Daniel Ramos entendeu a divisão de pontos como um resultado justo, face ao nível exibicional imprimido pelas duas equipas, elogiando ainda assim o espetáculo proporcionado e a incerteza no marcador até final.

O técnico lamentou a entrada em falso da equipa no jogo, indicando a falta de agressividade como uma das principais pechas da equipa, em pleno contraste com aquilo que é habitual. A reação, segundo o técnico, surgiu após o golo sofrido, enumerando as várias oportunidades de golo que a equipa conseguiu criar por esta altura. O início da segunda parte mereceu também críticas positivas, lamentando-se os dois golos sofridos num curto espaço de tempo.

 

Relativamente à luta para as competições europeias, o técnico considerou que esta possibilidade está agora mais longe, preferindo, para já, apontar baterias para outros objetivos fundamentais: alcançar uma melhor classificação e pontuação do que as alcançadas na temporada transacta.