‘Temos de andar a cem para conseguirmos um bom resultado’

Terceiro duelo da época entre bravos açorianos e guerreiros do minho, o segundo a contar para o campeonato. Para já, tudo empatado. Uma vitória para o CD Santa Clara em jogo a contar para a Liga NOS e outra para o SC Braga relativa aos quartos de final da Taça de Portugal. Daniel Ramos, na antevisão ao jogo, utilizou a velha máxima de que não há jogos iguais e que no futebol tudo muda… menos a vontade de vencer de ambas as equipas, o que deverá proporcionar um bom espetáculo de futebol amanhã no Estádio de São Miguel.

 

Segundo o timoneiro dos açorianos são muito poucas as debilidades de um SC Braga que, mesmo apesar de ter uma sobrecarga física, vai-se apresentar na sua máxima força, o que exigirá atenções redobradas por parte dos jogadores do CD Santa Clara. O plantel minhoto oferece muitas opções para que o seu treinador consiga efetuar rotatividade nos atletas que irão para jogo, sem que com isso perca qualidade e competitividade. A verticalidade, a reação à perda, a qualidade individual são apenas alguns dos pontos fortes dos bracarenses.

 

No final, questionado sobre a boa forma de Cryzan e Carlos Jr, o líder encarnado mostrou-se satisfeito mas afirmou esperar que mais jogadores apareçam a fazer golo e a ajudar a equipa a conquistar o constante objetivo da temporada: vencer.

 

Para o jogo diante do SC Braga, Daniel Ramos não poderá contar com Júlio Romão e Cristian Tassano, ambos a recuperar de lesão. A estes juntam-se Gustavo Viera e Costinha que já se encontram num momento avançado da sua recuperação.